skip to Main Content
Você Já Conhece O PIX?

Você já conhece o PIX?

Aprovado pelo Banco Central no dia 12 de agosto, o PIX é o novo sistema brasileiro de pagamentos instantâneos promete substituir a TED e o DOC. Meios mais utilizados atualmente, porém com algumas limitações e regramentos específicos.

Pelo que foi declarado, o PIX funcionará como uma ponte onde os dois lados podem ser pessoas físicas ou jurídicas. É semelhante ao TED, porém com o processamento instantâneo e disponível 24 horas por dia nos sete dias por semana.

Conforme informado pelo Banco Central, o sistema será integrado aos serviços oferecidos atualmente pelos bancos. Ou seja, será uma nova e simplificada opção para transferência de valores, sem a necessidade da instalação de aplicativos adicionais.
São três possibilidades:

  • Chave PIX que pode ser um CPF, CNPJ, número de telefone celular ou endereço de e-mail;
  • QR CODE Dinâmico gerado exclusivamente para cada transação; ou
  • QR CODE Estático que permite a utilização em múltiplas transações.

Dentre as vantagens do PIX, além de mais seguro, seu custo é muito mais barato, especialmente para as instituições financeiras, se comparado com as demais modalidades. Enquanto as tradicionais transferências custam de seis a sete centavos, o PIX irá cobrar apenas um centavo a cada 10 transações. Valores diferenciados serão aplicados para liquidações da madrugada ou para pagamentos agendados.

O Banco Central informou que haverá monitoramento para identificar eventuais violações ao direito do consumidor, entretanto, cada instituição definirá livremente sobre o repasse do custo aos clientes. Algumas instituições inclusive já anunciaram que o PIX será gratuito o que será excelente, principalmente para empresas.

Então, fique atento pois para se cadastrar os usuários deverão procurar as instituições financeiras onde possuem conta. Isso deve acontecer a partir de 5 de outubro quando deverão informar os dados para o cadastro de suas chaves. Porém, o sistema de pagamento só começará a funcionar em 3 de novembro e de forma restrita, sendo liberado para todos somente no dia 16 de novembro.

Aqui entre nós, já imaginou substituir os custos de TED e DOC, podendo assim, reverter isso para outras necessidades importantes da sua empresa?

Marlice Lanhe Winter
Assistente Administrativo-Financeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você
O LGPD trata-se de uma lei que estabelece regras quanto…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top